Resenha - A garota no gelo

A garota no gelo, Robert Bryndza
Editora: Gutenberg, 2016




#Sinopse: 

 Seus olhos estão arregalados… Seus lábios estão entreabertos… Seu corpo está congelado… Mas ela não é a única.

 Quando um jovem rapaz encontra o corpo de uma mulher debaixo de uma grossa placa de gelo em um parque ao sul de Londres, a detetive Erika Foster é chamada para liderar a investigação de assassinato.
 A vítima, uma jovem e bela socialite, parecia ter a vida perfeita. Mas quando Erika começa a cavar mais fundo, vai ligando os pontos entre esse crime e a morte de três prostitutas, todas encontradas estranguladas, com as mãos amarradas, em águas geladas nos arredores de Londres.



 Que segredos obscuros a garota no gelo esconde? Quanto mais Erika está perto de descobrir a verdade, mais o assassino se aproxima dela.
 Com a carreira pendurada por um fio depois da morte de seu marido em sua última investigação, Erika deve agora confrontar seus próprios demônios, bem como um assassino mais letal do que qualquer outro que já enfrentou antes.





"A chuva tinha ficado torrencial, urrava nas copas das árvores e transformava a trilha barrenta em um borrão branco. Trovões ressoavam, e relâmpagos iluminavam Barbora pendurada com os olhos abertos e a pele ao redor do pescoço dobrada pela corda debaixo do queixo."


#Opinião: 

 Então, como uma grande apaixonada pelos romances policiais que sou, digo que achei A garota no gelo um livro bom. É o primeiro romance policial escrito por Robert Bryndza e pelo que pude ver ao final do livro, a detetive Foster vai voltar. 

 O livro nos conta a história da detetive Erika Foster que após um tempo fora de ação volta para desvendar o mistério da morte de Andrea, filha de um magnata. Como esse, penso eu, é o primeiro livro de uma série ou trilogia, vejo que o autor nos apresentou a personagem principal mais do que propriamente focou no mistério. Vemos Erika precisando provar para si, para seu chefe e companheiros que ainda é capaz, mesmo depois de tudo pelo que passou. 

 Mas o mistério é muito bom também. A motivação do assassino acredito que deixou a desejar, mas até descobrirmos o assassino, é uma ótima leitura. Onde nos vemos querendo junto à Erika desvendar. Pra ser um ótimo livro, ainda faltou. É um começo bem promissor para esse autor que tem uma escrita envolvente e que flui de forma fácil. Com os capítulos curtos, da maneira que eu mais aprecio que seja, pois assim a narrativa, ao menos comigo, se dá de maneira muito mais fácil. 

 O livro não deixa de ser uma boa pedida. Vale a pena conferir por si mesmo esse mistério. 
E gente preciso comentar sobre a fofura que o autor é com os leitores e blogueiros literários ao final do livro. Estamos nos agradecimentos! 😍 Que contente me senti...

 Fica aqui mais essa recomendação de leitura para vocês.

Por: Roberta Muniz

4 comentários

  1. Amei sua resenha! Adoro romances policiais também rs bjos
    aleituramagica.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Romance policial é vida haha
      Obrigada pela visita!

      Excluir
  2. Eu sou extremamente louca para ler esse livro e sempre enrolo e não vou mais, vou comprar e ler logo kkkkk.

    Amei a resenha

    Beijinhos

    Jhenny

    https://sussurrandosonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Compra e lê sim. Leitura que vale a pena.

      Beijinhos ❣

      Excluir

Topo